segunda-feira, janeiro 26, 2015

O MENINO, O BARQUINHO E O RIO...



Encharco-me nesse aroma de vida.
Paisagem ímpar desse rincão.
No rio que passa
Na criança que brinca
No belo contraste de paisagens,
A calmaria do vento
Que sopra doces sussurros.
É a vida em sua essência mais pura,
Vida que se reflete  na candura da  criança.
No olhar entretido
Apenas com seu barquinho e o rio...
Menino calmo,
Calmo  como o remanso do Tapajós,
Pele morena, bronzeada de sol
Banha-se no rio que passa.
É canto e encanto
Tudo ao mesmo tempo
Lastro de  vida e inspiração.
Enquanto  menino inocente e contente
Tem apenas sob o olhar
Seu pequeno barquinho
E a imensidão do rio...
A navegar na poesia  feliz da infância. 


Socorro Carvalho

Foto: Nilson Vieira

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...