sexta-feira, fevereiro 20, 2015

SÓ QUERO...

Só quero ouvir o sussurro dos ventos me falando doces poemas,  na brisa que passa tocando leve a  minha pele;

Só quero ouvir cumprimentos alegres, expressivos,  que possam inspirar meus dias, sem a melancolia de um triste bom dia ou boa tarde;

Só quero ler poesias com rimas até mesmo aquelas subtendidas nas entrelinhas do verso mais íntimo.
Só quero dias de sol recheados de calor de amizade, de amor, sentimentos sinceros e pessoas verdadeiras;

Só quero amar sem medo, na mais profunda liberdade de gritar ao vento sobre a magia do verso que escrevo, que se traduz em literatura dos meus devaneios;

Só quero a poesia leve do encantamento de cada manhã, quando Deus me dá uma nova chance de ser uma possibilidade de mudança do mundo;

Só quero sentir o perfume das flores a encher de vigor meus pulmões na mais pura essência que é fragrância em meus passos;

Só quero sentir a erupção dos meus poros a aquecer meu corpo e principalmente meu coração com o calor da alegria e da amizade;

Só quero sentir no peito a fé em dias melhores, esperança de um amanhã mais próspero e a certeza de novas e positivas  construções;
  
Só quero sentir o aroma de vida expelido na alegria das crianças e com todo encantamento vivenciar a poética da liberdade, na mais completa exaltação de viver;

Só quero a inspiração renovada no olhar de uma criança, a delicadeza das flores em cada manhã, o encontro dos amores eternos;

Só quero viver, ser feliz e ter  a certeza da presença de Deus a  segurar  minhas mãos em cada momento da minha vida...



Socorro Carvalho
Foto: Nilson Vieira

Postagens em destaque

Maria Maria

Maria, Da lua Herdastes brilho e serenidade. Do sol Juntastes calor e esperança. Doce Maria! De encanto, de amor. Suave como a b...