terça-feira, julho 21, 2015

O AROMA...



Uma filha, muito desanimada, contava à mãe as suas desgraças. Tudo lhe corria mal: no trabalho, na família, nos negócios.

Depois de a ouvir atentamente, a sua mãe convidou-a a acompanhá-la à cozinha. Aí deu-lhe uma cenoura, um ovo e alguns grãos de café e disse-lhe:

— Põe tudo isto a ferver durante alguns minutos.

A filha obedeceu. No final, perguntou qual o significado de tudo aquilo.

A mãe fez-lhe notar então que a cenoura, antes dura.

Tinha amolecido. O ovo, que antes precisava de uma casca para o proteger, estava agora duro. Os grãos de café, porém, tinham mantido a sua aparência mas transmitindo agora um suave aroma. E disse-lhe:

— Repara bem. Todos estes elementos passaram pela mesma prova mas os comportamentos foram diferentes.

A cenoura simboliza as pessoas que ficam moles perante as dificuldades e se deixam desanimar. O ovo simboliza os que se tornam duros e agressivos. O café simboliza os que se servem das dificuldades para
transmitir um suave aroma.

Tu, perante uma prova, queres ser cenoura, ovo ou café?

Perante uma provação podemos, de facto, ficar motes ou duros, desanimados ou enfurecidos. Mas as provações também servem para manifestarmos o melhor que há em nós, transmitindo, como o bom café.um suave aroma.


Desconheço a autoria

Postagens em destaque

Em entrevista, o Poeta e Compositor santareno Renisson Luis Vasconcelos fala de sua arte e do amor que tem por Nossa Senhora da Conceição

Estamos na semana que antecede o Círio 2017 de Nossa Senhora da Conceição, Padroeira de Santarém.  Uma semana intensa de preparativos ...