sexta-feira, fevereiro 26, 2016

SANTARENO É CONVIDADO A COMPOR CONSELHO DE ÉTICA DA ABONG



O santareno Marco Antônio Correa Mota, o Marquinho Mota deverá  fazer parte do Conselho de Ética da Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais – ABONG.

A indicação é  do Conselho Diretor e o convite, para o exercício do cargo  foi feito pela Diretoria Executiva da Associação, mas  o sim do convidado  só  ocorreu no inicio desta semana.

Marquinho Mota tem destacada  participação em  lutas junto aos movimentos sociais  em prol de conquista de direitos e dias melhores, em especial,  aos povos da Amazônia. É comunicador popular e para quem não o conhece eis  algumas das atividades  que constam  na vida profissional do santareno.

Atuou,  de forma voluntária, na área de comunicação popular, ajudando a organizar rádios comunitárias, principalmente na região do oeste paraense.

Trabalhou na ONG Saúde e Alegria (coordenador da Radio Mocoronga) nas regiões da Floresta Nacional do Tapajós e Reserva Extrativistas Tapajós/ Arapiuns;

 Na ONG IARA desenvolveu as funções de editor de programa de radio e facilitador de oficina de comunicação para pescadores da região do Baixo Amazonas.

 Foi coordenador de projeto da Associação Mundial de Rádios Comunitárias (AMARC), e Assistente de Comunicação do Fórum da Amazônia Oriental (FAOR).

 É membro do Fórum da Amazônia Oriental (FAOR) onde coordena, desde 2010, o Projeto Rios Livres FAOR/ASW/HEIDEHOF), com atuação nos rios Xingu e Tapajós, junto a comunidades tradicionais e populações indígenas, atingidas e ameaçadas por grandes projetos de  hidrelétricas e mineradoras.
Marquinho Mota é também  um dos fundadores do Comitê Metropolitano Xingu Vivo, em Belém.

O trabalho de engajamento e luta de Marquinho Mota nas causas sociais fizeram com quê fosse reconhecido e, ao mesmo tempo, se tornasse  um dos convidados a compor o Conselho de Ética da Abong.

A eleição da nova diretoria, conselhos fiscal e de ética é uma das pautas   que constará na próxima Assembleia Geral da Abong marcada para ocorrer nos dias 16 e 17 de março de 2016, em São Paulo. Data em que serão empossados os novos gestores da Associação.

No dia 15 de março, véspera da Assembleia Geral, ele participará de um seminário com o tema: “Defesa dos Direitos e Bens Comuns – Como Organizar a Resistência?”.

O QUE É O CONSELHO DE ÉTICA?

O Conselho de Ética é composto por cinco integrantes de reconhecida postura ética e idoneidade manifesta na sociedade civil. Ele é convocado em situações excepcionais apreciar os casos que afrontem os princípios da Abong por parte das associadas, zelar pela autonomia das associadas em relação aos poderes constituídos, zelar pelo seu efetivo compromisso com a construção de uma sociedade justa e democrática, além de cuidar para que as ações das associadas signifiquem efetivamente fortalecimento dos movimentos sociais.


O QUE É A ABONG?

Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais - fundada em 10 de agosto de 1991, é uma sociedade civil sem fins lucrativos, democrática, pluralista, antirracista e anti-sexista, que congrega organizações que lutam contra todas as formas de discriminação, de desigualdades, pela construção de modos sustentáveis de vida e pela radicalização da democracia.

A Abong tem sua origem em organizações com perfil político caracterizado pela resistência ao autoritarismo; consolidação de novos sujeitos políticos e movimentos sociais; busca de alternativas de desenvolvimento ambientalmente sustentáveis e socialmente justas; luta contra as desigualdades sociais, econômicas, políticas e civis; a universalização e construção de novos direitos e a consolidação de espaços democráticos de poder.
 Ao Marquinho Mota  os Parabéns pelo reconhecimento com votos de sucesso neste novo desafio.

Socorro Carvalho


Com informações da Abong e arquivo pessoal do Marquinho Mota.

Postagens em destaque

UM POEMA PARA ÁMON

Há dez meses... Você chegou!!! Trouxe no riso o estro. No calor O mais lindo poema de amor. Tão pequeno, tão meigo. Porém, forte e...