sábado, setembro 17, 2016

REFLEXÃO: SOBRE A BREVIDADE DA VIDA - POR PRISCILA CASTRO

Ontem quando soube da morte trágica e repentina do autor Domingos Montagner, não tive como não lembrar da minha tia Carmem que nos deixou há 03 meses vítima de um aneurisma maldito. Lembrei dela de imediato, primeiro pq ela estava ótima em um dia, tínhamos saído pra um churrasco todos juntos e noutro ela nos deixou repentinamente, sem avisar, sem dar tempo de dizermos a ela o quanto nós a amávamos. E outra, pq ela era apaixonada por ele, assistia todas as novelas e ficava suspirando por ele (ele era lindo, tesão, bonito e gostosão) rsrs. 


Quando ele fez cordel encantado, eu morava do lado dela, como era novela das seis assistíamos todos os dias juntas e tomávamos o café da tarde. E nossa, fiquei imaginando a reação da tia se soubesse desta fatalidade tão derradeira e como ela ficaria arrasada. Eu chorei ao assistir o depoimento do pai da Camila Pitanga que relatou o desespero da filha ao tentar salvar seu amigo e o quanto ela fez força pra não soltar a sua mão, mas não conseguiu... Que Deus conforte o coração da família deste ator lindo e talentoso, quem sabe ele e minha tia não se conheçam lá no outro plano, seria lindo, posso ver o grito dela ao ver ele chegando.rsrs 

Que ano é esse cara? Quantas tragédias. .. que 2016 mais esquisito, quantas coisas tristes, como a vida é passageira, efêmera, não somos nada realmente, a vida é um sopro. Temos sim que dizer todos os dias a quem amamos o quanto amamos, temos sim que viver cada dia como se fosse o último, pq ele realmente pode ser. A intensidade deve sim ser a palavra de ordem e se tem algo que eu aprendi neste ano difícil foi isso, não ficar fazendo muitos planos e nem deixando pra amanhã o que posso dá um jeito de fazer hoje.


 A Perda de nossos entes nos serve de reflexão (pelo menos deveria), para repensarmos sobre nossa pequenez diante da grandeza do poder de Deus. Estas partidas precipitadas escancaram o quanto perdemos tempo com pequenas coisas, quanto deixamos em segundo plano uma visita a um amigo, um cafezinho com a mãe, com nossa vó, o quanto gastamos energia com sentimentos ruins e egoístas. Nem tive como não fazer esta relação, pq a perda é recente e este interrompido dói todo santo dia pra todos de minha família. Acho realmente que nós precisamos aprender a viver mais e ser melhor a cada dia e que os desígnios do cara lá de cima são muito maiores de que nossa insignificância!

Por Priscila Castro ( Professora e Cantora santarena)
(Texto copiado da página do facebook da Priscila) 
A foto é da net

REUNIÃO DEFINE DETALHES PARA REALIZAÇÃO DO FESTIVAL ESCOLA D’ ÁGUA


A Coordenação do Projeto Escola D’Água reuniu, hoje (16), com as equipes das escolas que integram a Casa Bioma Amazônico na escola Nossa Senhora do Livramento, no quilombo Saracura, no Rio Amazonas.

O objetivo foi definir as atividades da programação do Seminário que ocorrerá nos dias 20,21 e 22 de outubro de 2016, em Santarém, na Praça Barão de Santarém.

O encontro reuniu professores e alunos das escolas participantes do Projeto: Nossa Senhora do Livramento - Comunidade de Saracura, São Jorge – Tapará Grande, Nossa Senhora das Graças – Boa Vista do Tapará, São Benedito – Costa do Tapará, Água e Escola Nossa Senhora da Saúde da Comunidade de Igarapé do Costa.

Durante o encontro as equipes apresentaram uma síntese das atividades que estão sendo preparadas por cada escola e que serão mostradas durante os três dias de encontro.

O Festival será realizado no mês de outubro e contará com a participação de todas as escolas D’Água de Santarém.

O objetivo é a socialização de atividades realizadas durante os 04 Seminários do Projeto Escola d’Água que teve como foco educação sobre a água, realizadas pelas 35 Escolas Municipais de Ensino Fundamental do município de Santarém. O projeto visa o protagonismo das crianças por meio do cuidado com a Água e o ambiente em que vivem.

Por Socorro Carvalho

Postagens em destaque

UM POEMA PARA ÁMON

Há dez meses... Você chegou!!! Trouxe no riso o estro. No calor O mais lindo poema de amor. Tão pequeno, tão meigo. Porém, forte e...